Barbara Arranz Bárbara Arranz​ é biomédica e atualmente vive em Madri, capital da Espanha. Mulher, mãe e ativista, é fundadora da LinhaCanabica.com, iniciativa com foco em pesquisa e desenvolvimento de produtos veganos com infusão de cannabis. Bárbara começou a pesquisa a cannabis há 11 anos, quando seu filho Raul nasceu e foi diagnosticado com autismo. Um de seus maiores objetivos é desmistificar a maconha e levar à cannabis até a casa das pessoas.

Terpenos de Cannabis e Vida Sexual

4 minutos de leitura

https://ecoreactor.org/wp-content/uploads/2020/02/terpenes-1536x942.png

Descubra como os Terpenos, moléculas abundantes na Cannabis, podem ajudar a melhorar a vida sexual.

Poucas pessoas sabem, mas a Cannabis possui mais de 400 componentes químicos naturais. Embora os canabinóides, como o CBD e o THC, sejam os mais conhecidos da planta, a erva é muito mais rica do que parece. 

Dentre os muitos componentes químicos da cannabis estão os terpenos. Também conhecidos como terpenóides, os terpenos são as moléculas responsáveis pelo sabor e pelo aroma da planta. Mas vai muito além disso. Estudos apontam que os terpenos atuam em sinergia com os canabinóides, trazendo aos usuários os benefícios da maconha medicinal.

Quanto mais espaço a cannabis ganha no debate sobre o uso da planta para fins medicinais, terapêuticos e cosméticos, mais urgente se torna a necessidade de fazer com que as pessoas entendam que a maconha só é a planta poderosa que é, graças a todos os elementos que a compõem.

Sabia, por exemplo, que há estudos relacionando o uso dos terpenos de cannabis com a melhora da vida sexual? Sim, essas moléculas podem ajudar milhões de pessoas a intensificarem o prazer.

A seguir, você vai conhecer um pouco mais sobre o fantástico universo dos terpenos canábicos e qual a relação desses elementos com o prazer sexual das pessoas. Vamos nessa?

Terpenos da cannabis: mais sobre essas fascinantes moléculas

Pelo que os cientistas já descobriram, a cannabis possui mais de 100 terpenos. À medida que os estudos avançam, novas propriedades são identificadas – bem como seus potenciais usos e efeitos. Por isso, é bem provável que essa planta de uso milenar tenha muito mais segredos a serem desvendados.

🍃 Os terpenóides são moléculas presentes nas plantas responsáveis por seu aroma e sabor. Graças a esses elementos, uma planta de cannabis pode ser mais energizante ou mais sedativa, mais forte ou mais suave, mais cítrica ou mentolada, por exemplo.

Os terpenos não são elementos exclusivos da cannabis. Essas moléculas estão presentes nas outras plantas e possuem ainda outras funções importantes como atrair animais polinizadores, protegê-las de predadores e combater pragas como fungos. Tal capacidade protetora ajuda a explicar porque os terpenos também estão associados a propriedades terapêuticas, antioxidantes, antifúngicas e anti-inflamatórias.

Os terpenos de cannabis são únicos em cada planta. Eles conferem características especiais que ajudam a diferenciar uma espécie de cannabis sativa de uma planta do tipo índica, por exemplo.

As cepas de cannabis (ou strains), que são subespécies de uma mesma espécie, também são fortemente marcadas pelos terpenos. São eles que conferem aroma, sabor e intensidade a plantas de uma mesma espécie mas cultivadas de maneira diferente.

Questões como clima, solo e fertilizantes podem influenciar nas características dos terpenos. É por isso que plantas cultivadas em uma região costumam ter sabor e aroma distintos daquelas cultivadas em solos e climas diferentes, mesmo que estejamos falando de uma mesma espécie de cannabis.

📌 Leia também: Como cuidar da pele no outono com produtos à base de cannabis?

Terpenos e vida sexual: qual a relação?

https://blog.mapadamaconha.com.br/wp-content/uploads/sites/2/2021/01/Maconhasexo.jpg.webp

Cada terpeno da cannabis pode despertar uma sensação diferente. Enquanto alguns relaxam e tranquilizam, outros energizam e despertam euforia.

Usuários de cannabis são frequentemente convidados a participar de estudos para tentar entender se os componentes da planta realmente são afrodisíacos. Os resultados costumam ser bastante positivos.

Por exemplo, uma pesquisa publicada em julho de 2020 no Sexual Medicine Open Access, 452 mulheres adultas e usuárias de maconha foram entrevistadas por especialistas para tentar estabelecer relações entre a cannabis e a melhora da vida sexual feminina.

Desse total, 72.8% das mulheres alegaram fazer uso da maconha pelo menos 6 vezes por semana. O mais interessante é que justamente esse grupo foi o que apresentou os maiores índices de prazer sexual, desejo e chegada ao orgasmo.

Os cientistas que conduziram a pesquisa chegaram a seguinte conclusão: “O aumento da frequência do uso de maconha está associado à melhora da função sexual entre usuárias do sexo feminino, ao passo que o tipo de consumo, o método e a razão do uso não afetam os resultados”.

Para muitas pessoas, homens e mulheres, o que impede uma vida sexual mais saudável e ativa são questões mais ligadas à mente do que a disfunções do corpo. Fatores como timidez, estresse, ansiedade e depressão comprometem a vida sexual de milhões de pessoas ao redor do mundo. A dificuldade de relaxar e se entregar ao momento acaba sendo um grande problema que leva à frustração na vida sexual.

Nesse sentido, a cannabis, inclusive seus terpenos, tem uma função relaxante importante, ajudando essas pessoas a se soltarem mais. 

Os terpenos limoneno e linalol são descritos como as moléculas presentes na cannabis que mais podem ajudar pessoas a terem uma vida sexual melhor. Ambos estão ligados a sensação de relaxamento, desestresse e melhora do humor.

Ambos são encontrados na maioria das variedades de cannabis, sendo que algumas cepas como Berry White, Black Cherry Soda, Purple Hindu Kush, Strawberry Banana, Wedding Cake, Lavender, LA Confidential e Amnesia Haze são mais ricas em limoneno e linalol do que outras. 

Como aproveitar o poder do terpenos de Cannabis?

No Brasil ainda não é possível comprar cepas de cannabis livremente, já que o consumo da planta não é legalizado. Em países onde há a regulação, há estabelecimentos onde é possível encontrar as cepas de cannabis que se deseja.

No entanto, nosso país está avançando aos poucos. A Linha Canábica da Bá (LBC) conseguiu licença da Anvisa para lançar a Hempvegan, linha de produtos veganos à base de terpenos de cannabis, 100% brasileira e que busca trazer os benefícios dos terpenos da cannabis para os cuidados com a pele e cabelo dos brasileiros. Os três primeiros produtos em barra, shampoo, condicionador e sabonete serão lançados em breve.

Além disso, a LCB tem o lubrificante de cannabis. Produto 100% vegano e natural, esse lubrificante produz efeito quase instantaneamente. Por ser feito à base de cannabis, o lubrificante conta com os terpenos de cannabis em sua composição, o que ajuda a pessoa a relaxar e a aproveitar melhor o momento. 

O Lubrificante Canábico é feito com ingredientes naturais e não é testado em animais, Ele  leva em sua composição as propriedades dos terpenos da maconha, do jambu e do óleo de coco.

Além de lubrificar e hidratar a região íntima, o Lubrificante Canábico promove uma sensação estimulante e relaxante, melhorando o ato sexual. O gel ajuda na secura na região genital, diminuindo as dores ao penetrar e ajudando a tratar a falta de libido. Pode ser usado na vagina, no clitóris e no ânus e seu efeito estimulante varia de acordo com a sensibilidade da pessoa. 

Olha só o relato recebido no Instagram:

“Ontem meu marido e eu usamos o lubrificante. Não estava levando fé que ia trazer resultados, porque compramos sempre várias coisas de sexshop e acabamos nos frustrando. Mas vou te contar que nunca tive uma libido tão intensa quanto ontem ao usar o lubrificante da LCB! Gozei 5 vezes! Também apliquei em meu marido e o resultado foi fantástico. O produto é sensacional!”, diz a mensagem.

Barbara Arranz Bárbara Arranz​ é biomédica e atualmente vive em Madri, capital da Espanha. Mulher, mãe e ativista, é fundadora da LinhaCanabica.com, iniciativa com foco em pesquisa e desenvolvimento de produtos veganos com infusão de cannabis. Bárbara começou a pesquisa a cannabis há 11 anos, quando seu filho Raul nasceu e foi diagnosticado com autismo. Um de seus maiores objetivos é desmistificar a maconha e levar à cannabis até a casa das pessoas.

2 Comentários para “Terpenos de Cannabis e Vida Sexual”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *